Como poupar dinheiro para o meu filho? - EU CURTO SER MÃE

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Como poupar dinheiro para o meu filho?


Gravei o vídeo sobre poupar dinheiro para os filhos e disse que iria colocar aqui algumas planilhas para auxiliar quem quer juntar dinheiro, começando com pouco. 
Uma soma interessante que disse lá no Youtube é que com R$ 1,70 por dia ao final do mês se tem R$ 51 reais. Se esse valor for poupado desde os primeiros meses até 18 anos dos filhos, teremos cerca de R$ 15 mil. Isso sem nenhuma aplicação que renda mais. O valor pode ser de grande valia para bancar parte da faculdade. 

Veja o video:



As planilhas para juntar de pouco em pouco pode funcionar, mas é preciso ter determinação e foco no que se está fazendo. É fundamental que não se caia em tentação de retirar o dinheiro e que, depois, o valor juntado seja depositado em uma poupança. Veja alguns modelos de desafios financeiros e escolha o que melhor se adapta à sua realidade financeira. 

É o formato que mais gosto. Inicia-se com pequena quantia semanal e vai aumentando gradualmente


Neste modelo, aumenta-se gradualmente a quantidade depositada por mês


Este formato leva em conta o salário/renda da pessoa e trabalha com porcentagens crescentes


Veja esta simulação
 Quanto guardar por mês: R$ 50 / Reserva em 18 anos*: R$ 15.719
· Quanto guardar por mês: R$ 100 / Reserva em 18 anos*: R$ 31.437
· Quanto guardar por mês: R$ 150 / Reserva em 18 anos*: R$ 47.156
· Quanto guardar por mês: R$ 250 / Reserva em 18 anos*: R$ 78.590
*Investimento em poupança com taxa de juros real (descontada a inflação) de 4% ao ano.
Depois de juntar um pouco de dinheiro no cofrinho é hora de aplicar o valor. Vou colocar aqui as vantagens  de algumas aplicações. É sempre vom conversar com um consultor financeiro ou o gerente do seu banco para entender melhor as vantagens e desvantagens e o seu perfil de investidor. :
Poupança 
Está diretamente ligada ao desempenho da economia do país. Quanto menores os juros praticados pelo governo, menores os ganhos do poupador.
Vantagens: depósitos na poupança realizados por pessoas físicas ficam isentos de imposto de renda. A qualquer momento você poderá sacar a reserva.
Previdência
Esse recurso geralmente traz rendimentos maiores que os da poupança,  porque o banco faz investimentos e utiliza esse dinheiro  em diversas aplicações, de acordo com as melhores taxas. Na hora de sacar o valor, haverá desconto de imposto de renda.
Vantagem: a longo prazo, mesmo com o desconto do imposto, esse investimento rende mais do que a poupança.
Observação os planos de previdência apresentam carência de resgate de 60 dias a dois anos, dependendo do contrato. Isso significa que você não poderá sacar o acumulado antes desse período.
Título de capitalização
Os títulos de capitalização são uma modalidade de aporte financeiro controversa, que pode ajudar o consumidor a formar poupança e premiá-lo com dinheiro, mas com rentabilidade praticamente nula e rígidos prazos de resgate.
Vantagem: Entre as vantagens destacadas pelas empresas que ofertam o produto é a criação de uma poupança compulsória, já que o cliente pode comprar os títulos de capitalização com pagamentos mensais fixos – ou fazer aporte único.
LCI e LCA
Uma Letra de Crédito Imobiliário (LCI) é um tipo de investimento, onde o banco que o capta destina o investimento para o crédito imobiliários. o banco deve usar o seu dinheiro para financiar compradores de imóveis. A Lestra de Carta Agrícola 
As LCIs e LCAs são investimentos conservadores. Seu nível de risco é o mesmo da poupança e dos CDBs, pois elas também contam com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC).
Vantagem: LCIs e LCAs são isentas de taxas e imposto de renda, o que faz com que sua rentabilidade seja geralmente maior do que o rendimento líquido das aplicações financeiras similares.
CDB
Certificado de Depósito Bancário (CDB)  são títulos que os bancos emitem para captar dinheiro das pessoas. Dessa forma, o banco remunera com juros, que varia de acordo com o valor emprestado, a quem emprestou.
Os riscos envolvidos no CDB são baixos, pois são segurados pelo Fundo Garantidor de Crédito em  até R$ 250.000,00. O imposto de renda sobre os lucros varia de acordo com o prazo aplicado.
Vantagem: Rentabilidade maior que a da poupança, ganhando da inflação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você acha?