EU CURTO SER MÃE

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Oficina estimula habilidades e promove diversão

00:13 0
Oficina estimula habilidades e promove diversão

As férias estão chegando e a gente fica sem saber o que programar para preencher o dia da criançada, não é mesmo? Eu descobri uma opção que vai deixar os pais e os pequenos super satisfeitos.  Por meio  de experiências  lúdicas, a Bloco-Oficina Legal  estimula habilidades, propõe soluções inspiradoras para conflitos e ressalta valores morais  enquanto crianças e adolescentes se divertem.  Usando a linha Lego  Education, equipes bem preparadas narram Contos Clássicos, fábulas de La Fontaine, aventuras de Super-Heróis, regras de trânsito e histórias Bíblicas.

De acordo com Thiago Soares Nunes, idealizador da Bloco-Oficina Legal, a ideia surgiu após a realização de um trabalho voluntário  com crianças em situação de vulnerabilidade. “Eu pude notar o grande interesse que a atividade desperta e, ao mesmo tempo, ver que ali estava uma ferramenta poderosa para trabalhar conceitos e habilidades na medida em que envolve o interesse dos pequenos”, conta.

Na oficina, há a narração  da  historia e,após, as crianças são convidadas a explorar as possibilidades e construir algo relacionando àquela historia. A atividade é divertida e estimulante, além de melhorar os níveis sociocognitivos e socioemocionais. As oficinas podem ser realizadas em eventos ou de maneira contínua, favorecendo a expressão de sentimentos, a compreensão de conceitos diversos e o trabalho em equipe.  Os profissionais vão ao endereço combinado, levando todo o equipamento necessário, e tem propostas para cada faixa etária, atendendo crianças de 3 à 11 anos.

 “Tudo isso de forma lúdica e agradável, aliado a qualidade dos kits exclusivos da linha Lego Education, à uma leitura em que a criança será convidada a refletir sobre valores e ensinamentos para a vida.A oficina ajuda na criatividade, raciocínio lógico e matemático com muita diversão”, explica Thiago

Lego é mais que brincadeira

Há mais de 50 anos,  Lego  é encontrado em casas de todo o mundo. Além de entretenimento, os blocos de construção  são  benéficos para que as crianças aprendam habilidades básicas. Construir com blocos Lego promove o raciocínio espacial e consciência de proporções e padrões. Quando a criança constrói, sua mente usa o raciocínio sobre que peças vão funcionar melhor, como devem ser organizadas e quão grande ou pequena a criação deve ser.

Ao manipular os tijolos de Lego, o pequeno está desenvolvendo a coordenação dos músculos dos dedos e das mãos.  Ela também tem que descobrir quais blocos trabalham melhor em sua construção, às vezes usando o método de tentativa e erro. Planejamento e organização são outros benefícios. Lego requer que a criança tenha um plano antes que ela construa, mesmo que seja apenas uma base.

A criança deve organizar seus pensamentos, assim como as peças de Lego, a fim de trazer a sua ideia para a vida. Por fim, a construção com blocos favorece a criatividade e a sonhar com infinitas possibilidades.

Conheça mais sobre o Bloco-Oficina Legal no 
http://blocooficinalegal.com.br/
Contato: (31) 99234-0367


domingo, 10 de dezembro de 2017

App Eu Curto Ser Mãe em BH

21:05 0
App Eu Curto Ser Mãe em BH

O blog Eu Curto Ser Mãe está comemorando cinco anos cheio de novidades. Estamos como novo layout, nova logomarca e também um aplicativo. O App Eu Curto Ser Mãe em BH  irá simplificar a vida de mães, pais, tios e avós ao reunir os melhores estabelecimentos com espaço kids, agenda de eventos culturais, fornecedores de produtos e serviços para toda a família e cupons de desconto em Belo Horizonte.

Criado no formato Progressive Web App (PWA), o APP Eu Curto Ser Mãe em BH pode ser instalado no seu smarthphone  ou simplesmente acessado online. Funciona sem conexão e em todo sistema e plataforma sem necessidade de disponibilizar de grande memória do dispositivo. O PWA combina todas as funcionalidades de um aplicativo nativo com o alcance da web.

O App Eu Curto Ser Mãe em BH é gratuito! Você pode agora mesmo explorar as diversas opções de entretenimento para levar os pequenos. O guia de fornecedores traz uma seleção de ótimos prestadores de serviço e estabelecimentos comerciais para toda a família. Há ainda descontos exclusivos para os usuários. Para ter acesso aos descontos é necessário se cadastrar - sem custo. 

Para usar o aplicativo entre aqui ou use o QR Code abaixo



Para instalar em seu dispositivo Android clique nos três no alto da tela à direita e adicione à tela inicial.


Para dispositivos iOS toque em compartilhar e adicione à tela inicial.




quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Bolsas para estudantes de BH

21:38 0
Bolsas para estudantes de BH

Estudantes matriculados em instituições particulares ou aprovados em processos seletivos, em colégios ou faculdades, podem se inscrever, até o dia 10 de dezembro, para o sorteio de bolsas que a Secretaria Municipal de Educação vai realizar. Os descontos variam entre 25% e 100% nas instituições que oferecem o benefício.
Por terem sido construídos em terrenos cedidos pela Prefeitura, o Colégio Logosófico González Pecotche (Unidade Cidade Nova), Colégio São Paulo (Cidade Jardim), Escola do SESI – Newton Antônio da Silva Pereira (Unidade Bairro São Paulo), Colégio Santa Rita de Cássia (Barreiro), Colégio Santa Dorotéia (Sion), Colégio Santa Maria (Unidade Cidade Nova), Colégio Loyola (Cidade Jardim), Colégio São Paulo da Cruz (Barreiro) e a Universidade FUMEC (Campus Cruzeiro) disponibilizam vagas com descontos significativos.

Para os cursos superiores na Universidade FUMEC, as bolsas são de 25%. As bolsas integrais são todas na Escola do SESI - Newton Antônio da Silva Pereira, e nas outras instituições, o desconto é de 50%. Além das vagas para entrada imediata, também serão sorteadas sete vagas para cadastro de reserva, exceto no SESI e na FUMEC, para os quais serão sorteadas 15 vagas de lista de espera.

Quem quiser participar do sorteio, deve preencher o formulário no 
site do programa e estar atento às regras para concorrer - acesse aqui. Cada candidato pode se inscrever em apenas uma das instituições, sob pena de perda do direito ao benefício da bolsa, caso sorteado. 

* Fonte: SouBH

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Cuidados para gestantes em viagens de avião

15:16 0
Cuidados para gestantes em viagens de avião

As férias estão chegando e muitas gestantes ficam em dúvida se podem ou não viajar de avião. As companhias aéreas  permitem que grávidas de até oito meses voem. Mas a partir da 34ª semana, há um aumento no risco de a mulher entrar em trabalho de parto durante o voo. Alguns médicos, no entanto, recomendam que não se façam viagens de avião após o sétimo mês gestacional. 

Há ainda risco para  vôos mais longos, uma vez que a circulação da grávida já está comprometida. Quando a movimentação fica limitada, a circulação sanguínea nas pernas fica restrita, podendo levar a graves sintomas como: pernas pesadas, dor e pés e tornozelos inchados. Ficar sentado por muito tempo também é um fator de risco para desenvolver  trombose (formação de coágulos sanguíneos). Os coágulos podem migrar para os pulmões, o que é chamado de embolia pulmonar e pode ser fatal. Podem também migrar para as artérias que nutrem o bebê. Converse sempre com seu médico para utilizar meias de compressão e verifique a  possibilidade de usar anticoagulante em dose profilática. 

As mulheres que estão no primeiro trimestre de gestação e possuem algum problema como pressão alta ou sangramento, devem conversar com o médico antes do embarque para ver se ele autoriza a viagem.

Se possível, reserve o assento perto da asa, pois tem mais estabilidade durante o voo. Também é uma boa escolha, sentar em fileira com mais espaço.

Mulheres grávidas costumam ir mais ao banheiro, por isso, o mais indicado é sentar no corredor, para conseguir sair e entrar com mais facilidade e rapidez. Além disso, sentar no corredor também vai ajudar a levantar para caminhar durante o percurso. Este cuidado estimula a circulação.Tente  esticar as pernas, mesmo quando sentada, e movimentar os pés, fazendo movimentos circulares com o tornozelo. 

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Fique atento à saúde de sua boca

15:41 0
Fique atento à saúde de sua boca



Cáries e inflamação no canal dentário são problemas sérios que podem evoluir para condições graves e levar até à morte. Dois casos levaram o assunto à mídia, mostrando a importância dos cuidados com a saúde bucal. 

A modelo Renata Banhara foi internada em estado grave por complicações causadas por uma ma bactéria que estava sigilosamente instalada em seu dente e se alastrou pelo tecido ósseo causando uma sinusite. Essa bactéria comprometeu os nervos e tecidos internos da cabeça, gerando fortes dores, num quadro que inspira cuidados e pode comprometer seus movimentos faciais como sequela.

Ricardo Bueno, cantor e integrante da banda Dominó, sucesso nos anos 1990, morreu após uma septicemia (infecção generalizada), causada por um problema odontológico.

Além de ficar atento  às dores e desconfortos nos dentes e gengivas e realizar visitas periódicas ao dentista, fazer a higienização correta é fundamental para evitar doenças e complicações.

Entrevistamos a dentista Kenia Monteiro, da Mr. Clean Odontologia, sobre os riscos que envolvem os problemas dentários e a melhor forma de prevenção. Confira:


Existe alguma relação entre a saúde bucal e o coração?

 Sim, quando a bactéria da cárie ou a que causa doença periodontal (acomete gengiva e osso) entram no organismo e chegam até o coração que é vulnerável (endocárdio ou válvula sensíveis), acontece a endocardite bacteriana. Portanto, a causa da doença está diretamente ligada ao descuido com a saúde bucal. 

As pessoas que possuem problema congênito na formação do endocárdio ou que já sofreram com alguma alteração na válvula do coração, têm grandes chances de desenvolver a doença. Sem estas características, fica mais difícil da bactéria alojar no coração e ali criar uma colônia de bactérias por causa da velocidade normal do fluxo sanguíneo, que acaba “limpando” o local.  

Tenho que tomar alguns cuidados?

O correto é que antes de realizar tratamentos dentários invasivos alguns pacientes façam uma aplicação preventiva, sob orientação do dentista, de antibióticos para evitar possíveis infecções. Intervenções odontológicas mais complexas (raspagem, exodontia, tratamento de canal dentre outras) como também lesões bucais que precisam ser tratadas deixam uma “porta aberta” para a entrada das bactérias no organismo, o que é perigoso e um facilitador para o desenvolvimento da endocardite bacteriana. 

Outra atitude importantíssima a ser tomada é o cuidado com a saúde bucal, fazer uma escovação correta dos dentes, utilizar o fio dental com frequência para retirar melhor os resíduos de alimentos e ter acompanhamento frequente de um dentista para ele identificar qualquer tipo de irregularidade (tártaro, placa bacteriana, cárie, gengivite etc) é essencial. 

Uma infecção de dente ou gengiva pode provocar outras doenças e atingir outros órgãos do corpo?
Sim, veja quais são:

arteriosclerose/infarto/AVC/hipertensão:coração
gastrite/úlcera:estômago
pneumonia:pulmão
rinite/sinusite:vias aéreas
nefrite:rim
ouvidos
olhos     
útero
cérebro

Estas infecções provocadas por estas bactérias também podem prejudicar o tratamento da diabetes e doenças reumáticas.

No caso de grávidas, quais complicações podem surgir por problemas dentários?

Uma grávida pode ter excesso de produção de saliva, propensão à gengivite, os famosos enjoos que só complicam na hora de higienizar a cavidade bucal. 
A saúde bucal fica debilitada, podendo ocorrer a doença cárie e periodontal, infelizmente. A notícia boa é que tudo isso é possível de ser controlado .Estudos científicos comprovam que o parto prematuro e baixo peso dos bebês se relacionam  a estas doenças provocadas por bactérias poderosas e oportunistas que atravessam a placenta.

Qual o prazo ideal para manter visitas ao dentista?

As visitas e sua periodicidade depende de cada caso.O que se faz necessário é o compromisso e consciência com a saúde bucal e suas relações com a saúde geral.

Há risco das toxinas contidas no canal dentário escapem e entram na corrente sanguínea?

 Após o tratamento endodôntico(canal) , o cliente deve ser informado e conscientizado que o controle radiográfico deve ser realizado de acordo com a necessidade do caso,porque  bactérias podem permanecer na região,pós tratamento realizado e estas poderão cair na circulação e se instalarem nos órgãos do corpo.


A simples escovação é suficiente para evitar maiores danos?

Apenas a simples escovação não traz eficácia para evitar doenças.Uma higienização com excelência ,necessita ter a presença da escova,com tamanho e cerdas ideais,uso correto do fio dental e raspador de língua. Enxaguatório,quando houver indicação.

O que é o PAP-Programa de Acompanhamento Preventivo, da Mr Clean, e como ele pode prevenir doenças?

A cárie e problemas que acometem gengiva e osso são doenças transmissíveis  que podem e devem ser controladas. Por este motivo que a Equipe da Mr.Clean Odontologia e Saúde elaborou o exclusivo e inovador Programa de Acompanhamento Preventivo – PAP. Este Programa tem o objetivo de prevenir e cuidar de todos os integrantes do núcleo familiar,atua de maneira simples, fácil, saudável com resultados extremamente satisfatórios, de menor custo,que está ao alcance de todos e traz qualidade de vida aos participantes.

Esse acompanhamento preventivo proporciona uma maior chance de  manter uma saúde bucal por toda a vida, de uma forma educativa e preventiva a doenças.

Necessita apenas do compromisso do integrante com a periodicidade do programa e suas visitas pré agendadas dependem de cada caso.



terça-feira, 21 de novembro de 2017

Nova certidão de nascimento permite inclusão de padrasto e madrasta

17:15 0
Nova certidão de nascimento permite inclusão de padrasto e madrasta

A partir de hoje (21), os cartórios de registro civil podem começar a adotar os novos modelos de certidões de nascimento, casamento e óbito definidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As alterações visam a facilitar registros de paternidade e maternidade de filhos não biológicos e regulamentar o registro de crianças geradas por técnicas de reprodução assistida, entre outras medidas. Os cartórios têm prazo até 1º de janeiro de 2018 para se adaptar, data em que os novos formatos se tornam obrigatórios.

A principal novidade é a que permite a inclusão de nomes de pais socioafetivos na Certidão de Nascimento sem necessidade de recorrer ao Judiciário. Ou seja, para que um padrasto, madrasta ou novo companheiro de um dos pais da criança conste no documento como pai ou mãe, basta que o responsável legal por ela manifeste esse desejo no cartório. No caso de filhos a partir de 12 anos de idade, é necessário seu consentimento.


No campo filiação, haverá indicação dos nomes dos pais, que podem ser heterossexuais ou homossexuais, e os avós maternos e paternos serão substituídos pela nomenclatura ascendentes. A certidão poderá conter os nomes de até dois pais e duas mães em razão da dissolução de casamentos ou relacionamentos estáveis dos pais e a formação de um novo núcleo familiar. Do ponto de vista jurídico, não haverá diferença entre eles.

Fonte: Agência Brasil

Crianças têm acesso cada vez mais cedo às tecnologias

15:34 0
 Crianças têm acesso cada vez mais cedo às tecnologias

Estudos mostram que  crianças têm acesso cada vez mais cedo às tecnologias e permanecem conectadas por mais tempo. Uma pesquisa realizada pela AVG Technologies com famílias de todo o mundo mostrou que 66% das crianças entre 3 e 5 anos de idade conseguia usar jogos de computador, mas apenas 14% era capaz de amarrar os sapatos sozinha.

Especialistas apontam que a  superexposição da criança a telas está relacionada ao déficit de atenção, atrasos cognitivos, dificuldades de aprendizagem, impulsividade e problemas em lidar com sentimentos, como a raiva. Outros problemas comuns seriam a obesidade e insônia. 

A Academia Americana de Pediatria e a Sociedade Canadense de Pediatria recomendaram limites para a exposição das crianças a todo tipo de mídia. As entidades recomendam que somente depois dos 2 anos de idade elas comecem a ter contato com esses aparelhos e por tempo limitado. Até os 5 anos, as crianças só deveriam ficar no máximo 1 hora diante das telas. O tempo aumenta para 2 horas para crianças de 6 a 12 anos e para 3 horas a partir dos 13 anos.

A explicação é que existem operações mentais que precisam ser feitas naturalmente e o grau de estimulação dos meios eletrônicos desrespeita essa natureza de desencadeamento da lógica. Quanto mais a criança ficar exposta a tecnologia, piores serão suas funções cognitivas, como a memória e desenvolvimento da atenção.

As telas estão tirando um tempo precioso das crianças:  o tempo do  brincar. A brincadeira na infância é uma atividade fundamental para o desenvolvimento infantil em todos os aspectos: físico, emocional, cognitivo, social e espiritual. Elas também deixam de  se dedicar a atividades importantes como esportes, cultura ou simplesmente uma conversa em família.

Veja o vídeo com algumas sugestões para aproveitar melhor o tempo das crianças:


segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Dormir de costas na gravidez pode trazer riscos ao bebê

16:07 0
Dormir de costas na gravidez pode trazer riscos ao bebê

Um estudo feito com cerca de 1.000 gestantes, publicado no periódico ” British Journal of Obstetrics and Gynaecology”, mostrou que o risco de morte fetal pode dobrar se as mulheres dormirem de costas no último trimestre da gravidez. 

A pesquisa analisou 291 gestações nas quais os bebês nasceram mortos e 735 mulheres que tiveram bebês saudáveis. As observações foram comparadas com outros estudos realizados na Austrália e na Nova Zelândia, e os pesquisadores recomendam que as grávidas durmam de lado, mesmo em sonecas durante o dia.

Embora não seja possível controlar a posição que permanecem durante o sono, os pesquisadores destacam que é importante que as gestantes iniciem o período de descanso na posição lateral, ainda que ao longo da noite acabem mudando.
  
Ainda não há um diagnóstico fechado sobre o motivo pelo qual dormir de costas pode causar mais mortes de bebês, mas uma das hipóteses é de que o peso da criança e do útero pressionam os vasos sanguíneos e interferem no abastecimento de sangue ao bebê e consequentemente na transferência de oxigênio.

Segundo o estudo, cerca de 100 mil vidas de bebês podem ser poupadas por ano, no mundo, se as mães passarem a dormir de lado no último trimestre de gravidez. Nesse contexto, a campanha de saúde pública "Durma de lado" foi lançada no Reino Unido para conscientizar as mães sobre a importância de ficar nesta posição na última fase da gestação.

- Este é um estudo importante que acrescenta ao crescente corpo de evidências de que a posição do sono no final da gravidez é um fator de risco modificável para o nascimento de bebês mortos. A pesquisa é extremamente bem-vinda, já que um número significativo de bebês que nascem mortos permanece inexplicável, particularmente aqueles que são fruto de gravidez tardia- afirmou Edward Morris, vice-presidente de Qualidade Clínica do Royal College of Obstetricians and Gynecologists.

Fonte: O Globo


domingo, 19 de novembro de 2017

Aromaterapia para crianças

16:18 0
Aromaterapia para crianças

A Editora Laszlo acaba de lançar duas obras literárias voltadas para a Aromaterapia infantil – o uso dos óleos essenciais para a saúde física e mental das crianças. Na obra, a especialista Daniele Festy, apresenta como a Aromaterapia pode auxiliar pais e mães a cuidarem da saúde e bem-estar de seus filhos de modo natural e eficaz. Além de combater patologias do organismo e da mente, os óleos essenciais podem fortalecer laços familiares e construir memórias olfativas, que ligarão pais e filhos de maneira singular para o resto de suas vidas.

No livro a autora explica o poder dos aromas e como isso é construído entre mãe e filho desde o início da gravidez. Ao nascer, os bebês são capazes de reconhecer a mãe por seu cheiro natural e também pelo perfume do leite materno. O olfato também é responsável pelo processamento e ativação de memórias, e permeia as relações cotidianas desde pequenos.
Danièle Festy é farmacêutica. Apaixonada por alimentação, complementos alimentares e óleos essenciais,ela é escritora de diversos livros best- sellers na França.
Serviço:

Livro

Cuidando dos filhos com óleos essenciais

Editora Laszlo

376 páginas

R$ 88


Aromaterapia para os pequenos
Neste guia prático e abrangente, a autora Anne-Laure Jaffrelo, naturopata, identifica óleos essenciais,óleos vegetais e hidrolatos para crianças (e também para mulheres grávidas),fornecendo um conjunto das melhores práticas de preparação, utilização (via cutânea e inalatória), dosagem e conservação, a m de trazer benefícios sem riscos para a sua saúde . Mais de 50 formas de uso para aliviar os problemas quotidianos – gazes, dificuldade de respiração, problemas de pele, doenças e dores em geral –, com conselhos e receitas inspiradas para o bem-estar das crianças.
Anne-Laure Jaffrelo é naturopata desde 2003, divulga em seu site: www.aroma-massage.fr programas adaptados a todos para recuperação da saúde e bem-estar através da nutrição e da aromaterapia.
Serviço:

Livro

Aromaterapia para os pequenos
Editora Laszlo

129 páginas

R$ 55

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Carinho impacta na formação cerebral dos filhos

16:50 0
Carinho impacta na formação cerebral dos filhos

O cérebro não nasce pronto e as experiências vivenciadas nos primeiros anos de vida são determinantes para moldar o seu funcionamento. A psiquiatra infantil Joan Luby, da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington, descobriu que uma área do cérebro cresce duas vezes mais rápido em crianças que possuem pais e mães que demonstrem afeto e apoio emocional, em comparação com os que eram mais frios. 

Segundo Joan, o estudo sugere a importância do carinho, em especial, até os seis anos, período crucial em que o cérebro responde mais ativamente, provavelmente por conta da maior plasticidade do cérebro quando as crianças são mais novas. 

As ressonâncias mostraram o impacto dessa diferença de comportamento materno no hipocampo das crianças – uma área no cérebro localizada nos lobos temporais, que é responsável por habilidades como a memória, o aprendizado e o controle das emoções.

"Pequenas mudanças no apoio emocional geram grandes diferenças no resultado final. A relação entre uma criança e a mãe durante o período pré-escolar é vital, e ainda mais importante do que quando a criança é maior", disse a psiquiatra ao site especializado em ciência Science Daily.

De acordo com Joan, a pesquisa sugere que talvez seja possível ajudar as crianças a irem melhor na escola, a lidar melhor com a vida adulta e a se desenvolverem de maneira saudável ajudando os pais a aprenderem a oferecer mais apoio e afeto nos primeiros anos dos filhos.

Teste com mães e filhos

A pesquisa foi feita com 127 crianças, que faziam periodicamente exames de ressonância magnética no cérebro desde que começaram a frequentar a escola até a adolescência.

Para qualificar o tipo de mãe, os pesquisadores a gravavam em uma situação em que ela tinha de fazer alguma tarefa estressante na presença dos filhos. Pediam às mães que concluíssem essas tarefas e, enquanto isso, davam aos filhos um presente em um pacote bem atrativo, que os filhos não podiam abrir imediatamente.

Situações similares ocorrem várias vezes ao dia em qualquer família, especialmente com crianças pequenas, que demandam atenção em momentos que, por um motivo ou outro, a mãe não pode dar. Seja porque está trabalhando em casa ou cuidando de outro filho.

Os pesquisadores explicaram que a razão por trás desse tipo de teste é que essas situações são enfrentadas diariamente por muitas mães e são verdadeiros desafios às habilidades maternas.
As mães que conseguiam manter o autocontrole e completar a tarefa, enquanto ofereciam algum tipo de apoio emocional ao filho, foram classificadas como mais afetuosas e mais acolhedoras.

Já as que desprezavam ou ignoravam as crianças ou as que agiam de maneira punitiva recebiam notas menores do quesito apoio emocional.

Fonte: BBC

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Aleitamento Natural

16:45 0
Aleitamento Natural
 O leite materno é único e o mais rico alimento nos primeiros 6 meses de vida do bebê e consumido de forma inadequada pode provocar também a doença cárie,por causa do açúcar do leite,a lactose. Toda mulher tem leite porque após o nascimento, as glândulas mamárias se preparam para entrar em ação na tarefa de alimentar o bebê.

Bebês prematuros ou de baixo peso podem não estar prontos para a sucção,ao nascerem.
Podem perder peso,por não terem força suficiente ou mamar muito lentamente.É preciso uma orientação especial,para que a alimentação seja feita com o leite materno.Existem exercícios que estimulam e fortificam a sucção e o profissional da fonoaudiologia que deverá ser consultado neste caso.

Mamar no seio não é fácil,Esse exercício é o responsável inicial pelo crescimento harmonioso da face e da dentição. A sucção no peito materno, ou seja, os movimentos naturais de sucção do bebê  enquanto está se alimentando, são bons exercícios musculares e respiratórios,com reflexos na fala,língua,,boca,,na respiração (evita amigdalite,pneumonia e otite),nos dentes(melhor alinhamento)e na mastigação(exercita ossos e músculos): Além disso, a importante criação do vínculo entre a mãe e o filho, que estabelece o afeto e todo o desenvolvimento psicológico do bebê

Usando a mamadeira,o esforço é quase inexistente.É muito mais fácil mamar na mamadeira do que no seio não é mesmo?

Para uma mãe amamentar bem, ela precisa se preocupar com a própria hidratação, ou seja, ingerir muito líquido. A alimentação, tranqüilidade e paciência são fatores fundamentais para que a mãe curta esses momentos de grande prazer.

Você sabia que:

  • não há leite fraco.A natureza é sábia e faz com que cada espécie produza o alimento adequado para a sua cria
  • Bem mantida e saudável a mãe terá todas as condições para passar preciosos anticorpos para o bebê através do seu leite
  • Choques emocionais, cansaço excessivos ou alimentação inadequada podem estancar a produção de leite
  • Evite a automedicação 
  • Procure sempre a orientação médica

Kenia Monteiro
CROMG 18498
Gestora e responsável técnica 


segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Música Imagine vira livro

14:31 0
Música Imagine vira livro


A musica“Imagine”, escrita por John Lennon,em 1071,  serviu de inspiração para um livro infantil. A história relata as aventuras de uma pomba que viaja o mundo inteiro espalhando mensagens de esperança e tolerância.   Os lucros das vendas serão revertidos para a ONG Anistia Internacional (AI), que tem como hino a canção do ex-Beatle.  Com  ilustrações do artista francês Jean Jullien, e tradução da premiada escritora e poetisa brasileira Marina Colasanti, o livro foi lançado em 15 idiomas.

"Imagine é uma declaração muito poderosa, escrita com um profundo amor pela humanidade e por seu futuro, diz Yoko Ono no texto de abertura da obra, que traz a letra original da canção em inglês e português, para sensibilizar os adultos sobre o tema, e estimular nos pequenos uma reflexão sobre otimismo e o tolerância.

Veja o teaser do livro:


quarta-feira, 25 de outubro de 2017

A dor do vazio

01:47 0
A dor do vazio

A perda gestacional é um assunto difícil de ser tratado. As pessoas repelem as mães de anjos, não gostam de ouvir sobre o assunto. Quem perde um filho, perde muito mais do que o filho. Perde o espaço, o chão, as referências de si mesma. A fotógrada norte-americana Susana Butterworth, perdeu seu bebê, Walter, na 36ª semana de gestação. Susana criou o Empty Photo Project (Projeto fotográfico Vazio, em tradução livre), para dar voz a esta dor.

“Depois de perder meu filho em março de 2017, me senti sozinha no meu sofrimento. Eu achei que ninguém entenderia o que era perder uma criança. Parecia que todas as minhas esperanças e sonhos haviam morrido com o meu bebê. O vazio é pesado. Na esperança de criar um diálogo, comecei o Empty Photo Project. Eu quero dar uma cara e mostrar à comunidade que aqueles que já perderam um filho estão ao nosso redor, muitas vezes, sem o nosso conhecimento. É real. Não hesitemos em falar disso”, escreveu a fotógrafa no site do projeto.

Susana fotografa outras mães de anjos, que tiveram perdas  gestacionais ou neonatais, pedindo que segurem um espelho, que será alterado digitalmente para representar o vazio que é perder um filho. Os participantes escrevem um texto que descrevem seu vazio. 

Conheça algumas histórias:


“27 anos depois de sua curta vida, ainda me lembro como se fosse ontem. Eu era apenas uma garota de 24 anos, recém-casada e animada para receber um novo bebê na nossa família. Eu te dei o nome de Brittany Dianne. Você chegou cedo, com apenas 23 semanas de gestação, sem aviso e lutou muito para ficar nesta terra conosco. Tive essas 23 semanas com você e umas 4 horas da sua curta vida. Esses momentos passados com você que me transformaram na pessoa e mãe que sou hoje. Mantenho uma caixa com suas coisas para me lembrar que você me fez mãe. Eu não sou a mesma pessoa que costumava ser e isso é bom. Eu sei que a vida é preciosa e nunca deve ser considerada como garantida (...). Até hoje não entendo algumas das razões que as pessoas me davam para a sua morte. Comentários difíceis, como “você é jovem’, ‘você pode ter mais bebês’, ‘basta pensar em todo o dinheiro que custaria para mantê-la viva’... Nenhum deles me ajudou a diminuir minha dor (...). Espero que você saiba que foi muito desejada e amada. Por sua causa, tenho compaixão por outros que sofrem esse tipo de perda”, Kimberly Kaye McIntyre.

“Perder uma criança é algo sobre o qual ninguém quer falar. Mesmo eu, na maioria das vezes. Eu tinha pouco mais de 18 anos quando descobri que seria mãe. Ainda estava me acostumando com a ideia, quando recebi a notícia que nenhum pai gostaria de ouvir; minha filha Sophia Lynn tinha um defeito no tubo neural que a impediria de sobreviver fora do útero. Por conta disso, foi me dada a opção de levá-la a termo ou de induzir o parto. Que tipo de escolha é essa? Os médicos não tinham dúvidas de que ela morreria assim que nascesse. Então, decidimos por induzir o parto. Do dia da decisão, ela ainda ficou na minha barriga por três dias. Não consigo nem começar a descrever o tipo de dor que senti nesse período, sabendo que eram as últimas vezes que passaríamos juntas. Ela ainda estava fisicamente ligada a mim, mas nunca me senti tão vazia em toda a minha vida. Eu não conseguia entender por que algo tão horrível tinha acontecido comigo. Por que ela tinha que ir tão cedo?”. Nome não divulgado.


“Você é perfeito. A história da sua vida não é. Quando pensamos nos nossos desejos, a realidade às vezes fica muito aquém das nossas expectativas e, se deixarmos que o mundo veja nossos sonhos, perceberemos que a vida nunca será tão bonita, quanto poderia ser.  Você me ensinou isso. Quando eu soube de você e seu irmão, minha imaginação foi longe! Eu estava tão animado imaginando como seria voltar para casa depois de um dia de trabalho e vê-los na frente de casa jogando bola, ou brincando de esconde-esconde.  Uma vez ou outra, para ser sincero, ainda imagino você com o seu irmão percebendo o caminhão chegar e correndo para os meus braços, com os olhos iluminados, gritando papai! Pouco tempo depois de saber de sua chegada, soube que você precisaria de uma cirurgia cardíaca, mas me falaram que seria simples e que tudo ficaria bem. Mas, foi mais difícil do que imaginei. Às vezes, a vida é mais difícil do que a gente imagina. Você me ensinou isso. Você lutou tanto e foi tão corajoso. Sempre que as coisas estão difíceis  e eu penso em fraquejar, me lembro de olhar para os seus olhos, quão forte você parecia, quão perfeito e isso me deixa mais orgulhoso do que nunca, pois você é meu filho e eu sou seu pai". Nome não divulgado.




“Nada jamais o preparará para a dor ou o vazio de perder uma criança. Um aborto espontâneo é toda a esperança e sonho que você tinha para o seu filho sendo esmagado em poucas palavras. É sentir que a culpa de tudo é sua (...). Observar o seu marido chorar como você nunca viu, nem mesmo quando ele perdeu o próprio pai, e pensar que, talvez, ele merecesse uma mulher com um corpo que funcionasse (...). Um aborto espontâneo é chorar às três da manhã porque os seus braços estão vazios”. Nome não divulgado.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Nova vacina hexavalente para bebês chega ao mercado brasileiro

14:10 0
Nova vacina hexavalente para bebês chega ao mercado brasileiro

A vacina pediátrica hexavalente da Sanofi Pasteur, já presente em 86 países, chega em outrubro no mercado privado para ser mais uma importante ferramenta de proteção contra seis doenças potencialmente graves: difteria, tétano, coqueluche, poliomielite, hepatite B e doença invasiva por Haemophilus influenzae do tipo b – bactéria causadora de meningite e outras infecções graves como, pneumonia, artrite séptica e epiglotite1.

“O sistema imunológico dos bebês ainda está em desenvolvimento e, por isso, é importante que os pais sigam as orientações dos calendários de vacinação para crianças e garantam que os seus filhos estejam imunizados”, alerta a Gerente Médica da Sanofi Pasteur, Ana Paula Flora. O esquema vacinal da vacina hexavalente é de três doses mais uma dose de reforço em crianças de seis semanas a dois anos de idade, de acordo com as recomendações dos programas de vacinação1,2. “No Brasil, indica-se que o bebê tome a vacina hexavalente aos 2, 4 e 6 meses, com o reforço da pentavalente – que possui todas as proteções da hexa, com exceção da hepatite B – dos 15 aos 18 meses”, explica Ana Paula. 

Segurança

Além de ser totalmente líquida e pronta pra uso, o que reduz possíveis erros de dosagem e manipulação, a recém-chegada vacina é acelular – ou seja, feita com alguns dos componentes da bactéria ou do vírus que causam a doença e não com a bactéria ou vírus inteiro – e, por isso, tem menor chance de provocar efeitos adversos do que a vacina de células inteiras disponíveis3,4.

As doenças

Entre as doenças preveníveis pela vacina hexavalente da Sanofi Pasteur, está a coqueluche. Dos casos em bebês de 28 dias a 12 meses, 50% podem implicar em hospitalização5. Dos lactentes hospitalizados, 61% podem sofrer apneia, que é a interrupção momentânea da respiração, 23% podem desenvolver pneumonia, 1% pode ter convulsões e 1% chegar ao óbito5. Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2016 foram registrados 1.314 casos da doença no Brasil6.

A hepatite B também é preocupante e acometeu em 2016, 14.199 pessoas, o que equivale a uma taxa de detecção de 6,9 casos por 100 mil habitantes7.

Os casos mais graves de difteria podem levar ao inchaço grave no pescoço, com aumento dos gânglios linfáticos, resultando em dificuldade ou obstrução total da respiração8. Já o tétano altera os sinais neurológicos da coluna vertebral para os músculos e causa espasmos musculares intensos9.

A poliomielite, apesar de chamada de paralisia infantil, pode afetar tanto crianças quanto adultos e se espalha por contato direto, com muco, catarro ou fezes infectadas10. A doença pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total10.

Menos conhecida, a doença invasiva por Haemophilus influenzae tipo b causa meningite e outras infecções bacterianas graves como pneumonia, bacteremia – presença de bactérias no sangue - artrite séptica e epiglotite, que pode bloquear a traqueia, principalmente entre bebês e crianças menores de cinco anos de idade11.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Estresse na gravidez

15:09 0
Estresse na gravidez

A gravidez é um momento especial, sendo um período marcado por grandes mudanças físicas e psicológicas. O corpo se transforma, a ansiedade pelo que vem pela frente, preocupações financeiras. Além disso, há uma enorme mudança hormonal que podem influenciar no humor da gestante. É comum que as grávidas notem um maior grau de irritabilidade. O problema é quando os contratempos acabam gerando um estresse elevado na mulher, podendo comprometer a saúde do bebê. 

O maior risco é em caso de estresse crônico, como a perda de alguém, mas os contratempos do dia a dia também podem afetar negativamente o bem-estar da grávida. O estresse ocasiona a liberação de hormônios, como cortisol e adrenalina,  e chegará ao bebê por meio de reações fisiológicas. Essas substâncias preparam o nosso corpo para situações de perigo, mas quando o nível se torna elevado por muito tempo há riscos para a saúde. A adrenalina, pode causar uma diminuição do fluxo sanguíneo na placenta, influenciando o crescimento do bebê. Estudos mostram que o estresse também pode aumentar a chance de parto prematuro. 

Pesquisas sobre o tema apontam  que o estresse na gestação pode acarretar atraso na fala e no desenvolvimento da criança, déficit de atenção e de aprendizagem, ansiedade, depressão e hiperatividade. Além disso, no caso de grande estresse, a musculatura da grávida fica tensa, podendo ocorrer o parto prematuro. 

É importante que a gestante pratique uma atividade física de que ela goste e que se sinta confortável, pois ajuda a relaxar, a aliviar o estresse e a ansiedade, além de prepará-la fisicamente para o parto. Atividades como a yoga e o pilates ajudam a tonificar os músculos, melhorar o equilíbrio e a circulação, proporcionando flexibilidade sem grandes impactos ao corpo. A natação e caminhadas também são indicadas para grávidas e proporcionam bem-estar e saúde. 


quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Mãe perfeita?

14:07 0
Mãe perfeita?

*Texto de Monique Cabral

Do latim perfectus, perfeição significa, entre tantos exemplos, 1.o mais alto nível numa escala de valores; 2.excelência no mais alto grau; 3.grau máximo de virtude; 4.estado ou condição de quem está livre de pecados; 5.pessoa ou coisa sem defeito. 

Se juntar a perfeição com marternidade, o resultado é cobrança e muitos dedos apontados para a mãe. 

Cuidar e educar uma criança não é uma tarefa das mais fáceis, é antes um desafio, onde muitos adoram opinar. Quando se é mãe solo, as opiniões se tornam ainda mais rígidas!!! 

Você pode ser a mãe mais presente, emagrecer quase 20kg para não interromper a amamentação do filho alérgico a proteína do leite, passar 1 ano e 8 meses sem vida social nenhuma, sair do trabalho para casa, da casa para o trabalho... E aí os dedos apontam para sua superproteção, sua preocupação excessiva! "Deixa a criança respirar, estimule a independência, mostre para ele que existem outras pessoas em quem confiar. Volte a ter uma vida social, cuide da sua cabeça para ser uma mãe melhor, cuide do seu corpo para ser uma mãe mais disposta, busque sua saúde para seu filho não ficar sem mãe...". 

As opiniões são tantas que, se  você já se cobrava, essa angústia se torna cada dia maior. Então você busca orientações profissionais e resolve seguir algumas delas. Você decide que vai voltar a ter uma vida social, escutar outros assuntos além da maternidade, ouvir boas músicas além do Mundo Bita ou Galinha Pintadinha. 

Você resolve que pode tomar um vinho, uma caipifruta, um copo de água sem ser interrompida por um choro ou uma birra decorrente da idade da criança. Você decide que sairá uma vez por semana para se cuidar, para fazer suas unhas, cabelo, encontrar os amigos, dançar. Uma vez por semana. 24h para ser mais exata. E então, você começa a perceber que aquela terapeuta infantil, que te orientou a retomar a vida social, estava certa. Voltando a se sentir uma mulher, uma amiga, uma companhia divertida para boas conversas, você consegue ser uma mãe ainda melhor. Na sequência, as birras que seu filho fazia, começam a reduzir, pois sua cabeça está cada dia mais tranquila para conversar, ensinar e orientar seu bebê de 2 anos. 

Você começa a se tornar uma mãe mais leve, uma pessoa mais feliz. Você consegue sorrir enquanto o filho está com seus pais e suas irmãs. Você consegue respirar e ter a certeza que seu filho estará seguro na sua ausência. Até que... novos dedos voltam a ser apontados. Aquela pessoa que nunca abriu mão de sua dose de whisky na quarta, quinta, sexta ou/e sábado... que nunca perdeu uma noite de sono ou um único quilo para amamentar uma criança, se volta contra você e solta a maior das acusações: Você está abandonando seu filho para ir a farras. Você não é uma boa mãe! 

Você pode ter a consciência mais tranquila  do mundo! Você pode ter mil pessoas te apoiando! Mas a dor de ser acusada dessa forma, machuca até a alma. 

Não dói porque a opinião dos outros importa, dói porque uma mãe jamais poderia receber uma acusação desse tipo de forma gratuita. Dói porque só você e Deus sabem o que aconteceu em cada madrugada sozinha com seu filho. Dói porque suas dores na coluna estão mais incômodas a cada dia. Dói porque você precisa ir ao mercado, às 22h, após trabalhar o dia inteiro, pois seu filho gosta de uma determinada fruta e acabou a que tinha em casa. Dói porque ser mãe solo é um desafio silencioso, dói porque se as suas lágrimas caíram ao receber essa acusação, imagina mulheres que se submetem a relacionamentos abusivos e se tornam submissas. Imagina quantos dedos são apontados para essas guerreiras solitárias todos os dias.

domingo, 8 de outubro de 2017

Cuidados e mitos da saúde bucal da gestante

20:52 0
Cuidados e mitos da saúde bucal da gestante
                           

  A gestação é uma época especial para que você mantenha os cuidados com sua saúde bucal, não  apenas por você, mas também para que seu filho desenvolva uma dentição perfeita e saudável.
Você pode receber tratamento odontológico em qualquer época da gestação, embora o segundo trimestre (3 a 6 meses) seja o momento  ideal, pois nessa fase, se encontra num período de maior estabilidade.
Alguns cuidados:
Os medicamentos deverão ser tomados apenas por prescrição médica ou odontológica.
Os antibióticos se possível, devem ser evitados ao máximo no primeiro trimestre.
A ingestão da água de abastecimento deve ser fluoretada para fornecer as vantagens anti-cárie do Flúor para a gestante,que são as mesmas para qualquer pessoa
As radiografias devem ser evitadas nos três primeiros meses de gestação.
Os anestésicos, o dentista ou seu médico irá determinar qual o mais indicado.
Visite regularmente o dentista para que ele possa fazer o diagnóstico precoce de qualquer problema e orientá-la quanto aos procedimentos preventivos.

   Existem alguns mitos sobre a saúde bucal durante a gestação:



O principal deles é que a gravidez aumenta o número de lesões de cárie e problemas na gengiva. Isso não será verdade se você mantiver alguns cuidados básicos tais como alimentação equilibrada, boa higiene bucal e receber cuidados profissionais periódicos. 
Tais medidas são  fundamentais para uma boa saúde bucal. Geralmente, o aumento do número de lesões de cárie e o sangramento da gengiva está relacionada a alterações na dieta, com maior consumo de guloseimas e a  presença de placa bacteriana, pela limpeza inadequada dos dentes e gengiva nessa época. Apesar de haver algumas modificações no tecido gengival em função das alterações hormonais, isso só interferirá se já existirem problemas gengivais prévios à gestação.
  
Dicas que podem lhe ajudar:

Evite tomar muito líquido durante as refeições
Coma pequenas porções mais freqüentemente
Evite alimentos gordurosos ou condimentados
Não se deite logo após as refeições

Estas foram apenas algumas orientações que podem ser úteis para você viver este período tão especial em sua vida.
Felicidades!!

Kenia Monteiro
CROMG 18498
Gestora e responsável técnica 
Mr.Clean Odontologia e Saúde

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Teatro no mês das crianças

15:41 0
Teatro no mês das crianças

Durante todo o mês de Outubro, três espetáculos da Copas Produções garantem a diversão da criançada no Shopping Estação BH: Teatro Estação Cultural



O REI LEÃO: Sessões dias 7, 8, 12 e 21 de Outubro às 16h

"O Rei Leão", da Copas Produções, é um musical baseado no maior sucesso da Broadway de todos os tempos. Quinze atores dão vida ao maior clássico infantil da Disney. Com figurinos e cenários grandiosos, músicas cantadas ao vivo, belas coreografias e efeitos especiais de som e luz, o espetáculo garante diversão para toda família.
Mufasa e a rainha Sarabi apresentam ao reino o herdeiro do trono, Simba, que, ao nascer, recebe a bênção do sábio babuíno Rafiki. Ele cresce feliz sob os cuidados dos pais, do fiel calau Zazu e de sua amiga Nala, mas é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar, o invejoso irmão de Mufasa, que planeja se livrar do irmão e do sobrinho para herdar o trono. Simba passa por momentos difíceis, mas ao encontrar Timão e Pumba, descobre o verdadeiro valor da amizade. Juntos, eles salvam o reino e a família de Simba das garras do malvado Scar.

Duração 75 minutos | Classificação Livre



OS SALTIMBANCOS: Sessões dias 14 e 15 de Outubro às 16h

Assinado por Charles Möeller, o texto da montagem foi inspirado no conto “Os Músicos de Bremen”, que também deu origem a peça “Os Saltimbancos”, dos italianos Sergio Bardotti e Luis Enríquez. Chico Buarque foi o responsável por todas as letras das canções da adaptação brasileira. Em Belo Horizonte, a Copas Produções escolheu esse título para lá de conhecido pelas crianças e pelos pais para criar um espetáculo com cenários e figurinos coloridos, músicas cantadas ao vivo e muitas surpresas contados pelos olhos criativos do Diretor Artístico Diego Benicá e proprietário da empresa especialista em teatro para crianças.
O musical conta a história de quatro animais que se encontram numa estrada, fugindo de seus patrões por maus tratos. Eles formam um conjunto musical e através desta união, conseguem ser felizes. Seguem, então, um caminho de liberdade e harmonia rumo a um futuro melhor, onde o amor, o respeito e a amizade são os lemas
Duração 55 minutos | Classificação Livre


A BELA E A FERA: Sessões dias 28 e 29 de Outubro às 16h
Em 2017 a Copas Produções leva aos palcos o Musical “A Bela e a Fera”. Esta história de amor está cheia de personagens inesquecíveis, cenas fantásticas e figurinos deslumbrantes, além de belas canções. Escrito em 1740 por Gabrielle-Suzanne Barbot, o clássico apresenta diversas versões ao longo do tempo, mas foi em 1991, com a animação da Walt Disney, que “A Bela e a Fera” conquistou o mundo. Em 1994, a história ganhou os palcos da Broadway, onde ficou em cartaz até 2007. A montagem da Copas Produções tem 35 profissionais envolvidos, 10 atores, mais de 40 luxuosos figurinos, cenários virtuais e efeitos especiais incríveis preparados para criar toda a magia que envolve a história.
Em uma pequena aldeia vive Bela, uma jovem inteligente que é considerada estranha pelos moradores, e seu pai, Maurice, um inventor que é visto como um louco. Certo dia, o pai da garota vai para uma feira demonstrar sua nova invenção e se perde na floresta. Desesperado, procura abrigo em um castelo, mas acaba se tornando prisioneiro de uma Fera. A Fera é o senhor do palácio, um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira. Quando Bela sente que algo aconteceu ao seu pai, vai a sua procura. Ela o encontra e faz uma proposta para Fera: se seu pai fosse libertado ela ficaria ali para sempre. A Fera aceita. É nesse momento que os moradores do castelo – toda a criadagem que foi transformada em objetos falantes – sentem que pode ser a chance de o feitiço ser quebrado. Mas isso só acontecerá se a Fera amar alguém e esta pessoa retribuir o seu amor. No entanto, precisa ser rápido, pois quando a última pétala de uma rosa encantada cair o feitiço não poderá mais ser desfeito.
Duração 75 minutos | Classificação Livre

SERVIÇO

DE 07 A 29 DE OUTUBRO

O REI LEÃO: Sessões dias 7, 8, 12 e 21 de Outubro às 16h
OS SALTIMBANCOS: Sessões dias 14 e 15 de Outubro às 16h
A BELA E A FERA: Sessões dias 28 e 29 de Outubro às 16h

Teatro Estação Cultural (Shopping Estação BH)
Av. Cristiano Machado, 11833 - Venda Nova

INGRESOS: R$ 40 inteira | R$ 20 Meia | R$17 Antecipado

VENDAS ANTECIPADAS: Na Bilheteria do teatro e nos postos do Sinparc

FUNCIONAMENTO BILHETERIA DO TEATRO: segunda a sábado: 13h às 21h30 | domingo: 14h às 20h | Telefone: 31. 3654.6065 | 31. 99995.9897 (whatsApp)

FUNCIONAMENTO POSTO SINPARC: Teatro da Biblioteca Pública, Praça da Liberdade, 21 Quarta a sexta: 13h às 18h | sábado e domingo: 10h às 14h
Telefones: 31. 3272.7487 | 31. 3293.5502


INFORMAÇÕES ASSESSORIA DE IMPRENSA: Diego Benicá 31. 99714-4172
INFORMAÇÕES PARA PÚBLICO:
31.2516.6911 |31. 99198.1312 (whatsApp) | www.copasproducoes.com.br
Instagram: @copasproducoes
Facebook: /copasproducoes