domingo, 17 de novembro de 2013

Frutinha para evitar aborto por incompatibilidade do embrião

Postado por Letícia Murta às 17:49
Da mesma família do tomate, a Physalis é conhecida por índios por purificar o sangue, equilibrar o sistema imunológico, aliviar inflamações e ajudar a diminuir as taxas de colesterol. Na Amazônia, a fruta é usada no combate à diabetes, reumatismo, doenças da pele, bexiga, rins e fígado. Rica em vitaminas A e C, fósforo e ferro, a frutinha despertou o interesse da comunidade científica. Em um dos estudos desenvolvidos,  Pesquisadores da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), da Bahia, descobriram que em a physalis tem uma substância, batizada como fisalina, capaz de regular o sistema imunológico, diminuindo as chances de rejeição de órgãos transplantados.  E é aí que a fruta entra no universo das tentantes. 
Explico: um bebê é feito 50% com o material genético da mãe e a outra metade, do pai. Em alguns casos, pode haver uma incompatibilidade grande e o corpo da mulher acabar rejeitando o embrião. Isso pode causar falhas na implantação do embrião ou mesmo abortos. 

A indicação é para que a physalis seja consumida diariamente logo após a ovulação, de três a quatro frutinhas. Caso a mulher tenha engravidado, deve continuar o uso da fruta durante o início da gestação.

Veja o vídeo explicando sobre a physalis no mundo das tentantes:




11 comentários :

Juliana on 12 de dezembro de 2013 09:26 disse...

Será que é fácil encontrá-la na região serrana do estado do RJ? Pergunto pq eu nunca vi esta frutinha em minha cidade ....talvez seja pq não a conhecia, sei lá rsrsrs...vou procurar pq já tive dois abortos com 6 semanas e não sei o motivo.

Letícia Murta on 12 de dezembro de 2013 12:10 disse...

Não sei dizer, querida. Só olhando mesmo.
Você teve mais de um aborto? E chegou a investigar? Investigou trombofilia? Dosagem hormonal, vitaminas e sistema imunológico são também outras causas.

Juliana on 12 de dezembro de 2013 15:04 disse...

Oi, eu contei um pouquinho da minha história lá na postagem da temperatura basal. Tive um aborto em junho de 2005 e outro mais recente em junho deste ano. Ambos com 2 semanas e sem curetagem. No primeiro aborto, eu não sabia que tinha resistência a insulina, mioma e sop. O último me pareceu gravidez química mas a GO disse q foi má implantação ou a formação. Acho que foi química pq no dia seguinte ao aborto fiz um beta quantitativo/qualitativo e deu negativo. Era para ter hcg né? pois no primeiro beta que fiz antes do aborto deu positivo. Outra coisa, meu endocrinologista mandou parar a metformina ao saber da gravidez, uma semana depois eu perdi...então pode ter sido problema metabólico. Agora ele e nem a GO querem q eu pare a metformina na próxima gravidez.

Sinhaninha on 19 de julho de 2014 21:02 disse...

Querida amei suas dicas! Estou na luta à 4 anos... Fiz minha segunda Fiv no dia 17/07 e vou testa com as frutinhas!!! Bjos e obrigada por compartilhar suas descobertas!

Anônimo disse...

Pode tomar em capsulas?

Letícia Murta on 24 de setembro de 2014 13:28 disse...

Nunca vi vendendo em cápsulas

Camila Campos on 25 de agosto de 2015 17:28 disse...

Tenho que tomar depois da punsão?

Unknown on 21 de novembro de 2015 19:01 disse...

Parabéns!! Adorei os teus vídeos, são esclarecedores.

Letícia Murta on 24 de fevereiro de 2016 17:30 disse...

n

Thays Oliveira on 17 de março de 2016 17:36 disse...

adorei
alguem ja engravidou com essa fruta

Unknown on 29 de março de 2017 23:20 disse...

Existe sim...https://goo.gl/images/hyRB3Y

Postar um comentário

O que você acha?

 

EU CURTO SER MÃE Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez