Antioxidantes podem aumentar fertilidade - EU CURTO SER MÃE

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Antioxidantes podem aumentar fertilidade


Doença que atinge cerca de 15% das mulheres em idade reprodutiva, a endometriose é caraterizada por células da camada interna do útero (endométrio)  fora da cavidade uterina, ou seja, em outros órgãos da pelve: trompas, ovários, intestinos e bexiga.

Todos os meses, o endométrio fica mais espesso para que um óvulo fecundado possa se implantar nele. Quando não há gravidez, esse endométrio que aumentou descama e é expelido na menstruação. Em alguns casos, um pouco desse sangue migra no sentido oposto e cai nos ovários ou na cavidade abdominal, causando a lesão endometriótica. 

De acordo com a Associação Brasileira de Endometriose,  30% das mulheres com endometriose tem chances de ficarem estéreis. No entanto, o diagnóstico de endometriose não é significado de infertilidade. Muitas mulheres engravidam, embora algumas possam encontrar certa dificuldade. 

Radicais livres impedem maturação dos óvulos

Os pesquisadores do Setor de Reprodução Humana da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, vêm estudando a endometriose e formas de tratar as principais queixas de quem sofre com a doença (dores pélvicas e infertilidade). E foi ao estudar o fluido folicular dessas mulheres que se encontrou no “estresse oxidativo”,que é o desequilíbrio entre a produção de radicais livres e de antioxidantes”, a piora da qualidade do futuro óvulo.

Como os antioxidantes testados já são utilizados em tratamentos médicos e de baixa toxicidade, para um futuro, talvez próximo, a pesquisadora Vanessa Silvestre Innocenti Giorgi acredita que seu estudo auxilie no tratamento da infertilidade provocada pela endometriose. “A suplementação por via oral com antioxidantes poderia aumentar a chance de uma gestação natural no período de um ano, sem a necessidade de realização de técnicas de reprodução assistida.”, 

As duas substâncias usadas na pesquisa são a N-acetilcisteína (medicamento para doenças respiratórias) e a L-carnitina, ou vitamina B11, que é produzida em pequena quantidade pelo organismo humano e encontrada em vários tipos de carnes, laticínios e alguns vegetais. De toda forma, é válido aumentar o consumo de antioxidantes de forma geral. Veja aqui uma lista de alimentos que ajudam na fertilidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você acha?