terça-feira, 3 de maio de 2016

Deixar voar longe dos olhos

Postado por Letícia Murta às 22:42
Outro dia, trocando minha pequena notei um arranhão na perna.  Coisa de criança,  normal.  Mas foi a primeira vez que eu não soube exatamente o que causou aquele machucado.  Senti um aperto no peito.  Não pelo machucado em si, coisa boba de criança, mas por constatar que minha filha vai se machucar muitas vezes longe de meus olhos e buscar consolo de outras formas além do meu colo. Como é difícil deixar voar. 

As dores serão muitas, físicas e emocionais,  e nem sempre eu saberei exatamente o que aconteceu.  Quantas vezes eu mesma, nas crises da adolescência,  preferi me refugiar nas amigas e até mesmo esconder de minha mãe os meus dramas juvenis? Na vida adulta, quantas foram as ocasiões que eu não quis preocupar minha mãe e chorei bem distante dela, muitas vezes sozinha. 

Isso vai acontecer com minha Lola. Ela também vai ter suas dores,  seus segredos doloridos,  suas feridas envergonhadas, sem que eu tome conhecimento....

1 comentários :

rosicleide ferreira lima on 3 de maio de 2016 23:48 disse...

lindo texto, amei, é verdade , muitas vezes não saberemos o que causou dores em nossos pequenos , seja por estarem longe ou pelo fato de não quererem dividir conosco uma preocupação ou dor .

Postar um comentário

O que você acha?

 

EU CURTO SER MÃE Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez