domingo, 8 de novembro de 2015

Mães perfeitas não existem

Postado por Letícia Murta às 23:37
Sempre me cobrei muito em tudo que fiz. Na maternidade não seria diferente.  O grande problema é que na maternidade dificilmente atingiremos a perfeição.  E aí a auto cobrança resulta em culpa e exaustão. 

Estou aqui olhando minha pequena dormir depois de um chororô daqueles. Primeiro chorou por não querer a mamadeira,  já que ainda mama no peito.  Eu insisti e ela acabou ficando histérica.  Como já contei aqui, ela não teve chupetas e mamadeiras até 1 ano. Foi só peito. Depois eu comecei a tentar introduzir leite na mamadeira para iniciar o desmame lento e gradual. Não deu certo.  Ela odeia e se irrita. Eu insisto e isso nos deixa bastante nervosas. 

Perdida a batalha da mamadeira,  foi hora de fazer dormir. Já passava de 22h e ela elétrica.  Forcei para que dormisse.  Chorando,  acabou mamando (no peito, claro) e dormindo.
Silêncio e calmaria no quarto. Mas não em meu coração.  Obviamente sem intenção,  fiz minha filha chorar duas vezes antes de dormir. Dormiu chateada? Magoada comigo? Pronto, culpa total. Mas o quê eu deveria fazer em situações como essas? Teorias diferentes dão conselhos diversos.  Mas vou na direção que meu coração aponta. No entanto,  tem vezes que meu coração fica assim, sem rumo.

Acho que eu preciso entender que mãe erra, mãe cansa, mãe fica confusa. Não adianta eu me cobrar. Eu preciso me convencer disso. Preciso aprender a me perdoar por nem sempre ser a mãe perfeita que idealizei. Essa mãe não existe.  Existe,  sim, uma mãe amorosa, apaixonada,  dedicada. Mas uma mãe humana que, inevitavelmente,  vai errar.

0 comentários :

Postar um comentário

O que você acha?

 

EU CURTO SER MÃE Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez