quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Feliz e crescendo

Postado por Letícia Murta às 21:16

Com 12 semanas e 6 dias, realizei o ultrassom que permite a medição da translucência nucal. Esse exame determina as chances de  haver um problema genético. Há mais de um mês a data para o exame já estava agendada e, felizmente, caiu justamente na semana do sangramento que tive. Assim, o médico pode avaliar melhor. Aliás, o episódio do sangramento merece um post especial, por conta do tratamentos frio e grosseiro que os médicos de pronto-socorro oferecem aos doentes. Lembrando que deveria ser justamente o contrário, pois quem procura uma emergência, ou é um hipocondríaco solitário ou realmente está com problemas. Para vocês terem uma ideia, cheguei sangrando, desesperada, tive que esperar quase uma hora para ser atendida e, ao ser atendida, a cavala da médica disse que se eu não tinha perdido o bb, perderia em breve. Assim, seca.

Felizmente, era só uma grosseria de uma péssima  profissional. Lá mesmo comprovamos, pelo ultra, que o bb estava vivo, e bem vivo. E no exame com o médico que nos tem acompanhado, vimos que ele está ótimo. Ativo, agitado, sapequinha e lindo. Ele já está muito bem formadinho, vimos as perninhas, os pés, os bracinhos e mãozinhas. Fofo! A translucência nucal deu normal, 1,9 mm. Os batimentos cardíacos foram de 160 por minuto. E o bbzinho mede, da cabeça ao bumbum, 6,6 cm. Nossa, como é bom vê-lo bem, todo levadinho, dando cambalhotas e se desenvolvendo muito bem. É tudo que uma mãe quer.

A placenta ainda não subiu, mas vai subir. Continuo de repouso, evitando tudo e todos. Além de controlar o tempo na cama, estou tentando controlar meu nervo também. Confesso, estou bastante irritada. Assunto para outro post.





0 comentários :

Postar um comentário

O que você acha?

 

EU CURTO SER MÃE Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez